Anne Frank

Anne Frank e seu famoso diário/Reprodução Por Belmires Soles Ribeiro * Ninguém dotado de um mínimo de sensibilidade consegue conhecer a história da menina judia Anne Frank sem se comover e se maravilhar com a genialidade daquela mocinha, que permaneceu tão pouco tempo entre nós. Ela e seus pais moravam na Holanda, numa família de … Continue lendo Anne Frank

Quando a hiperprodutividade e a competição exacerbada nos consomem

Foto por Oliver Petry em Pexels.com Não é de hoje que o mundo do trabalho, a área de recursos humanos, o ambiente acadêmico, os economistas, os governos e as corporações discutem a temática da produtividade e a necessidade crescente de que siga aumentando. Isso porque esta seria o elemento central dos processos de qualificação/otimização da … Continue lendo Quando a hiperprodutividade e a competição exacerbada nos consomem

Pollan e a abordagem corajosa acerca dos efeitos, controvérsias e estudos contemporâneos com as substâncias ‘psicodélicas’

Jornalista e escritor Michael Pollan: da comida saudável ao universo psicodélico/Divulgação O jornalista, escritor, pesquisador e professor Michael Pollan, de 65 anos, realizou, diante das câmeras, diversos experimentos com substâncias psicoativas proibidas ao redor do mundo - as chamadas ´drogas psicodélicas' -, como LSD, Psilocibina, MDMA (Ecstasy) e Mescalina. Seu roteiro investigativo, desta vez, é … Continue lendo Pollan e a abordagem corajosa acerca dos efeitos, controvérsias e estudos contemporâneos com as substâncias ‘psicodélicas’

Um filme sobre a luta pela vida na comunidade, mas sem os clichês da periferia

Ator Lucas Penteado em cena de "Barba, Cabelo e Bigode"/Netflix/Divulgação O filme Barba, Cabelo e Bigode (Netflix, 2022) é uma dessas raridades do cinema brasileiro da atualidade quando o assunto é periferia por um motivo prático: foge de todos os clichês ligados a personagens que moram fora do circuito Zona Sul do Rio de Janeiro … Continue lendo Um filme sobre a luta pela vida na comunidade, mas sem os clichês da periferia

As reflexões de mundo entremeadas de humildade no universo de Gilberto Gil

https://www.youtube.com/embed/gJID0ewfq9w O cantor e compositor Gilberto Gil garante ter-se tornado uma pessoa redundante e repetitiva, que passou a circular por um universo restrito de pensamentos, elaborações musicais e intelectuais. É por esse caminho que ele inicia a entrevista concedida ao ator e diretor de cinema Lázaro Ramos, postada na plataforma Amazon Music - com duração … Continue lendo As reflexões de mundo entremeadas de humildade no universo de Gilberto Gil

A transversalidade da liberdade infantil e outros temas em “Pequena Mamãe”

Fotograma do filme francês Pequena Mamãe/ Divulgação A diretora de cinema Céline Sciamma subverteu códigos de tratamento dispensados a crianças no filme Pequena Mamãe, produção francesa lançada em 2022, ao usar, de modo deliberado, elementos típicos da transversalidade. A história das meninas Nelly e Marion, ambas de 8 anos, fala de uma liberdade negada à … Continue lendo A transversalidade da liberdade infantil e outros temas em “Pequena Mamãe”

Mente, olhos, ouvidos e boca viraram essência da vida de artista plástica

Atriz Débora Duboc em atuação no monólogo/Foto: João Caldas/Divulgação A história da paulista Eliana Zagui, contada no monólogo A Valsa de Lili, vai muito além de comover as pessoas que foram ao teatro ver o espetáculo numa das várias montagens feitas a partir do texto de Aimar Labaki. A intepretação da atriz Débora Duboc faz … Continue lendo Mente, olhos, ouvidos e boca viraram essência da vida de artista plástica

O grito da Amazônia pelas lentes de Sebastião Salgado

Ilustração do Bioma Amazônico com terras indígenas fotografadas por Sebastião Salgado/Reprodução O premiado fotógrafo brasileiro Sebastião Salgado reuniu sete anos de trabalho em diferentes pontos do Bioma Amazônico brasileiro para montar a exposição Amazônia, em cartaz até 31 de julho deste ano no Sesc Pompeia, em São Paulo (veja programação aqui). Com curadoria de Lélia … Continue lendo O grito da Amazônia pelas lentes de Sebastião Salgado

Um filme-manifesto distópico sobre racismo estrutural no Brasil

Cena do filme Medida Provisória, dirigido por Lázaro Ramos/ Foto: divulgação O ideal é entrar no cinema para assistir ao filme Medida Provisória (2022), do diretor Lázaro Ramos, sem ter muitas informações a respeito da história. A intenção é ver a frio a proposta que a película traz: usar a distopia para escancarar um manifesto … Continue lendo Um filme-manifesto distópico sobre racismo estrutural no Brasil