O mundo das crianças e jovens a partir dos reflexos simbólicos da violência em casa, na escola e na vida

Foto por Pixabay em Pexels.com É consenso que a violência parece algo incorporado à estrutura social brasileira, com seus simbolismos, dados reais e formas de agir e pensar de autoridades, forças policiais e do mundo do crime, diante da inação das principais estruturas de controle nas mãos do Estado. Basta passar diante de uma tevê … Continue lendo O mundo das crianças e jovens a partir dos reflexos simbólicos da violência em casa, na escola e na vida

Pandemia, pobreza e concentração de renda multiplicam população na rua

Foto por Alvin Decena Gcash&Coins.ph09561687117 em Pexels.com O documentário Onde Eu Moro (Netflix, 2021) retrata, em apenas 40 minutos, o drama da crescente população que vive em situação de rua em importantes cidades dos EUA, como Seattle, Los Angeles e São Francisco. Poderia ser São Paulo, Rio de Janeiro, Curitiba ou qualquer metrópole brasileira, com … Continue lendo Pandemia, pobreza e concentração de renda multiplicam população na rua

Parque Augusta: uma luta comunitária de décadas que virou símbolo da necessidade de espaços públicos em SP

Quem mora em cidades como São Paulo tem na ponta da língua situações corriqueiras de correria, trânsito caótico, falta de espaços de lazer em vários bairros e arborização deficiente em todas as regiões da metrópole. A máxima que rege grandes aglomerados urbanos como a capital paulista é a da predominância dos espaços privados sobre os … Continue lendo Parque Augusta: uma luta comunitária de décadas que virou símbolo da necessidade de espaços públicos em SP

Ecos contemporâneos de Oliver Twist, de Dickens

Publicado pela primeira vez há mais de 180 anos, o romance Oliver Twist, de Charles Dickens, foi lido ao longo do tempo como uma denúncia da infância miserável e da exploração infantil na Inglaterra, no processo de reflexos do sistema de trabalho brutal gestado a partir da primeira Revolução Industrial. Tomado como extensão de análises … Continue lendo Ecos contemporâneos de Oliver Twist, de Dickens

Um clássico de João Bosco, a morte e a banalização da morte na pandemia

Capa do estudo Atlas da Violência 2021/Reprodução A cidade pode ser qualquer uma: o clássico refrão da música De frente pro crime, de João Bosco, teima em se repetir, minuto a minuto, de tão atual: “Tá lá o corpo estendido no chão”. Sua triste atualização resume a banalidade no tocante ao fenômeno da morte entre … Continue lendo Um clássico de João Bosco, a morte e a banalização da morte na pandemia